Dados da saúde bucal no RN

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) apresentou, quarta-feira (13), os resultados principais da primeira Pesquisa de Saúde Bucal do Rio Grande do Norte (SB-RN-2010).

De acordo com o levantamento, a prevalência de cárie nos adolescentes de 12 anos - índice de referência mundial - é de 3,3 dentes afetados, acima da média do Nordeste (2,6 dentes afetados) e Brasil (2,1 dentes afetados). Já nas crianças de 5 anos de idade o índice de dentes afetados pela cárie é de 2,6, abaixo da média Nordeste (2,9) e bem próximo da média brasileira de 2,4 dentes afetados pela cárie.

Os idosos (65 a 74 anos) no RN apresentam um índice de 28,2 dentes extraídos, um pouco acima da média do Nordeste (27,2 dentes extraídos) e Brasil (27,5 dentes extraídos). Um terço dos jovens de 15 a 19 anos já apresentam a necessidade do uso de prótese dentária (32,8%), número bem acima do Nordeste (17%) e Brasil (13,7%).

Em relação à procura pelos serviços odontológicos, o RN encontra-se acima da média do Nordeste (73,1%), com 79,3% das crianças na faixa etária dos 12 anos que já realizaram alguma consulta com o dentista. No Brasil este índice está em 80,5%. O tipo de atendimento odontológico é predominantemente realizado pelo Sistema Único de Saúde (SUS) nesta faixa etária, com 78,8%.