Central de transplantes do RN registra aumento nos procedimentos

A Central de Transplantes do Rio Grande do Norte registrou um aumento no número de procedimentos cirúrgicos realizados no Sistema Único de Saúde (SUS) no primeiro semestre deste ano. Foram realizados 159 transplantes, sendo 24 de rim e 135 de córnea.

O Estado apresenta atualmente 15,2 doadores por milhão de população (PMP), número superior a média nacional de 13,6 doadores. A nova meta do Ministério da Saúde é chegar a 15 doadores por milhão de população em 2015. Meta já alcançada pelo estado do Rio Grande do Norte.

Segundo o Coordenador da Central , Rodrigo Furtado, o momento é de sensibilizar a população, através de campanhas e do trabalho da Organização de Procura de Órgãos (OPOs), que capacita equipes para o contato com as famílias dos possíveis doadores. “Conseguimos alcançar no RN em 2011, metas estipuladas pelo Ministério da Saúde para 2015”, afirmou o Coordenador.

Ainda de acordo com dados da Central de Transplantes, no primeiro semestre deste ano, foram doados no estado 26 órgãos e 158 córneas.

“O Ministério da Saúde tem estimulado àqueles estados que vem se destacando nos números, através de capacitação e convênios”, disse Rodrigo Furtado.

Em abril, o Ministério da Saúde possibilitou o aumento de até 60% no repasse de recursos para ampliação do número de transplantes no SUS. Os hospitais que fazem transplante de rim tiveram um reajuste específico de 30% para estimular a realização dos procedimentos e a redução do número de pessoas que aguardam pela cirurgia.

Fonte: DNOnline