Campanha de vacinação contra o sarampo começa nesta segunda no RN

Foto: Mariana Ramos/ Divulgação/ Prefeitura do Rio

Começa nesta segunda-feira (10) a campanha nacional contra o Sarampo, com foco nas crianças e jovens com idades entre 5 e 19 anos. A população pode procurar as unidades de saúde mais próximas até o dia 13 de março para tomar a dose da vacina.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde de Natal, a intenção é imunizar cerca de 12 mil de pessoas contra a doença no município. Para isso, a rede básica de saúde, conta com cerca de 70 salas de vacinação preparadas para receber a população que ainda não tenha tomado a primeira dose da vacina, ou com o cartão vacinal incompleto.

A população com a faixa etária indicada deve procurar as unidades de saúde a partir desta segunda, ou no Dia "D” de Mobilização Nacional da campanha, que acontece no próximo sábado dia 15 de fevereiro, portando documento de identificação e o cartão de vacina, como ressalta Vaneska Gadelha, chefe do Núcleo de Agravos Imunopreveníveis (NAI).

O segundo momento da campanha acontecerá entre os dias 03 e 31 de agosto tendo como foco o público com faixa etária entre 30 e 59 anos.

O Ministério da Saúde estabelece, em seu esquema vacinal, que duas doses da vacina devem ser aplicadas para homens e mulheres com idade entre 12 meses e 29 anos de idade, sendo a segunda dose com intervalo de 30 dias.

Para a população entre 30 a 49 anos é necessária apenas apenas uma dose da vacina. “O objetivo é resgatar os não vacinados ou as pessoas com o cartão de vacina incompleto”, explica Vaneska Gadelha, chefe do Núcleo de Agravos Imunopreveníveis (NAI), sobre esse primeiro momento da campanha.

Sarampo

A doença infectocontagiosa é causada pelo vírus Measles morbillivirus e pode ser letal se não tratada adequadamente. Sua transmissão ocorre pelo contato com secreção expelida pelas vias respiratórias dos pacientes que possuem a doença, como espirro ou tosse. Entre os seus sintomas os pacientes podem apresentar febre, tosse e aparecimento de manchas avermelhadas pelo corpo e rosto. A única forma de evitar a doença é pela vacinação, que já se encontra disponível nas unidades de saúde do município.

Por G1 RN