Prefeitura de Santa Cruz reúne pesquisadores da cidade e define mudança de feriado da emancipação política para 11 de Dezembro

A Prefeitura de Santa Cruz promoveu na última sexta-feira uma reunião histórica para consertar um erro cometido nos anos 1980 e fazer justiça com a data de Emancipação Política do município.

O encontro reuniu o prefeito Ivanildinho Ferreira e historiadores e pesquisadores de Santa Cruz que reforçaram ao gestor municipal que a data da Emancipação Política de Santa Cruz foi no dia 11 de dezembro de 1876.

Nesta data, o então presidente da Província do Rio Grande do Norte, Sr. Antônio Passos de Miranda, assinou a lei N° 777, que desmembrou Santa Cruz de São José de Mipibu, a tornando independente e governada com os direitos que todo município tem.

A data do dia 30 de novembro foi de mudança da nomenclatura, já que Santa Cruz foi emancipada como Vila Trairi e em 30 de novembro de 1914 passou a se chamar Santa Cruz, mas esse fato não é considerado pelos historiadores como o dia da emancipação, que verdadeiramente trouxe a independência administrativa, política e jurídica pra cidade.

Como fruto do encontro, a Prefeitura de Santa Cruz vai enviar um projeto de lei para a Câmara de Vereadores para alterar o feriado de Emancipação Política, hoje comemorado em 30 de novembro, que a partir do próximo ano, será lembrado no dia correto, em 11 de dezembro.

O escritor Edgar Santos trouxe um arquivo que ele pesquisou no Instituto Histórico-geografico do Rio Grande do Norte, que comprova a lei assinada pelo então presidente da Província do Rio Grande do Norte emancipando Santa Cruz em 11 de Dezembro de 1876.

Outra comprovação da data de 11 de Dezembro é que o prefeito de Santa Cruz em 1976, o senhor José Rodrigues da Rocha, realizou as comemorações do centenário da emancipação e encomendou um dobrado, que é uma peça musical, ao maestro Felinto Lúcio Dantas, que homenageou os 100 anos de emancipação política de Santa Cruz naquela época.

Santa Cruz foi fundada em 1825, por camponeses que moravam nas redondezas, surgindo também a devoção por Santa Rita por volta deste período.

A história de Santa Cruz não é tão conhecida, especialmente pelas novas gerações, que carecem de informações para valorizar ainda mais o município onde vive.

O projeto de lei com a alteração do feriado será enviado a Câmara para aprovação do Legislativo ainda este ano para que a partir de 2020 se comemore a Emancipação Política de Santa Cruz em 11 de Dezembro.