IFRN desenvolve ações dentro do Setembro Azul, que busca garantia de direitos para pessoas com surdez

O campus de Santa Cruz do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN), por meio do Núcleo de Atendimento às Pessoas com Necessidades Educacionais Especiais (NAPNE), desenvolve ao longo deste mês programação alusiva a campanha Setembro Azul.

A ação visa chamar atenção da sociedade para garantia dos direitos das pessoas surdas, diminuição dos preconceitos existentes e inclusão social deste público, que é cada vez mais crescente no estado.

Ao longo do mês, diversas atividades serão realizadas, tanto no IFRN, como em algumas escolas estaduais de Santa Cruz, apresentando à temática e ensinando um pouco sobre LIBRAS, a Língua Brasileira de Sinais, utilizada pelos surdos para se comunicar.

A culminância de toda programação acontece na quinta-feira da próxima semana, dia 26, com a Caminhada do Setembro Azul, que busca reunir o máximo de pessoas possível para chamar atenção da sociedade sobre os direitos das pessoas surdas.

Nos últimos anos, o IFRN tem fortalecido as ações em busca de garantir que a inserção de pessoas surdas, ou com outras deficiências, aconteça, priorizando ações concretas no meio social.

Segundo o IBGE, o Rio Grande do Norte é o terceiro estado do Brasil com mais surdos, mas ainda pouco é feito para inseri-los na sociedade.

O IFRN espera que na caminhada no dia 26, cada vez mais escolas, profissionais e as pessoas em geral possam participar da ação e chamar atenção das autoridades e da sociedade para o fortalecimento de políticas públicas de pessoas com algum tipo de surdez no município.