Sob aplausos e choro, corpo de Gugu Liberato é enterrado em SP

Viúva e filho de Gugu — Foto: Marcelo Brandt/G1

Foto: Bárbara Muniz Vieira/G1

Foto: Marcelo Brandt/G1

Mãe de Gugu, Maria do Céu — Foto: Marcelo Brandt/G1

Era cerca de 12h10 quando o caixão contendo o corpo de Gugu Liberato foi sepultado no cemitério Gethsêmani, na região do Morumbi, na zona oeste de São Paulo, nesta sextra-feira (29). Acompanhado de perto por fãs, o enterro aconteceu sob aplausos e um coro de "Força, família" cantado pelo público.

Assim como aconteceu no velório, a emoção de familiares, entre eles João Augusto, filho mais velho de Gugu, Dona Maria do Céu, mãe do comunicador e o irmão Amandio Liberato, comoveu os presentes. Abraçada com o filho, a mulher de Gugu, Rose Miriam chorou muito durante o sepultamento.

Gugu foi enterrado no jazigo da família, ao lado do pai, Augusto Claudino Liberato. Uma coincidência de datas marcou a cerimônia fúnebre: pai e filho foram sepultados com exatos dez anos de intervalo.

Uma grande estrutura foi preparada para a cerimônia de despedida. Grades espalhadas pelo cemitério separavam a área restrita à familiares e aos amigos. Bancos, uma cadeira de rodas e uma equipe de paramédicos ficaram a postos para o caso de necessidade. A principal preocupação era com Dona Maria do Céu, de 90 anos.

O corpo de Gugu deixou a Assembleia Legislativa de São Paulo pouco depois das 10h. O cortejo até o cemitério foi feito em carro aberto do Corpo do Bombeiros. João Augusto seguiu dentro do veículo que transportava o caixão do pai na companhia de um primo. Os demais familiares e alguns amigos seguiram em vans.

Durante todo o trajeto, pessoas nas ruas aplaudiram o cortejo. A cena se repetiu na chegada ao cemitério. Os fãs também gritavam "Ei, Gugu, já disse que te amo hoje?", assim como foi feito durante as gravações do Canta Comigo.

A chegada de Dona Maria do Céu foi aplaudida pelos fãs do apresentador. Em apoio, gritaram: "Dona Maria, força e fé". Emocionada, e ela acenou em resposta ao público.

Antes do enterro, foi feita uma breve cerimônia de despedida para o apresentador, com discursos e uma trombeta fúnebre.

O público cercou a van que levava os familiares de Gugu na saída do cemitério e aplaudiu muito. Antes de sair do cemitério, Rose Miriam, viúva de Gugu, desceu do veículo e falou rapidamente com os jornalistas. "Se hoje eu sou uma pessoa um pouco melhor, eu devo isso ao Gugu. Agora ele está aqui no meu coração, nos meus filhos". disse emocionada.

Ao término do funeral, os fãs cercaram o túmulo e fizeram uma oração.

Velório

O avião que trouxe o corpo do apresentador Gugu Liberato pousou no aeroporto de Viracopos, em Campinas, no interior de São Paulo, às 6h de quinta-feira (28). De lá, familiares e caixão seguiu direto para a Assembleia Legislativa de São Paulo, onde foi realizado o velório aberto ao público.

As homenagens ao apresentador se estenderam durante toda a madrugada. A fila de acesso ao velório só foi encerrada às 9h. Antes do fechamento do caixão, uma nova cerimônia de despedida foi feita com amigos e familiares.

Ana Luísa Vieira e Joyce Ribeiro, do R7