'Sensação de dever cumprido', diz presidente do TRE-RN após fim de votações

Foto: Reprodução

"Chegamos ao fim dessas eleições com a sensação de dever cumprido", disse o presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN), desembargador Gilson Barbosa, durante a sessão da corte que marcou o fim das votações nas eleições municipais de 2020, neste domingo (15).

"Estamos chegando ao final de uma eleição atípica, mas apesar das dificuldades conseguimos contemporizar tudo", comentou o magistrado, se referindo ao desafio gerado pela pandemia da Covid-19.

Ainda de acordo com o desembargador, a Justiça Eleitoral registrou a troca de 53 urnas, sendo 4 em Natal e o restante no interior do Rio Grande do Norte. Ainda houve oscilação e queda de energia em seções nos municípios de Pedra Preta, Almino Alfonso, Ceará-Mirim e Pendências, mas as situações foram contornadas, de acordo com ele.

Durante a sessão, o corregedor do TRE-RN, desembargador Cláudio Santos, divulgou dados sobre ocorrências de boca de urna e outras irregularidades, inclusive com prisões.

Vera Cruz – ocorrência de boca de urna

Ouro Branco – Prisão de 11 pessoas por boca de urna

Caicó – boca de urna

São José de Mipibu – boca e urna (sem prisão) e 3 pessoas presas por venda de bebidas alcóolicas a menores de idade

Canguaretama – Divulgação de propaganda, sem prisões

Santo Antônio - uma prisão por uso de celular em urna eletrônica

Lagoa de Pedras - transporte ilegal de eleitores

Messias Targino - uso de celular em urna eletrônica e divulgação de propaganda, sem prisões.

Por G1 RN