Pretos e pardos são maioria entre mortos por Covid-19, diz Ministério da Saúde

Ciro Fusco / EFE

Levantamento divulgado nessa segunda-feira (18) pela área técnica do Ministério da Saúde aponta que entre os mortos pela Covid-19, os brancos são minoria. Os dados apontam que, entre os óbitos registrados até a vigésima semana epidemiológica, 47,3% são de pardos, 7,5% são de pretos, e 43,1% são de brancos. Amarelos compõem 1,7% dos óbitos por coronavírus e 0,5%, são indígenas.

A informação encerra a lacuna de dados que levou a cobranças públicas sobre o assunto. No entanto, o ministério não fez qualquer análise a respeito, nem caracterização de risco para esta parcela da população. Apenas comorbidades e idade dos pacientes continuam na classificação dos riscos para a doença.

Dos óbitos motivados por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) motivada por Covid-19, 69% está acima de 60 anos, e 64% apresentam pelo menos um fator de risco - cardiopatia e diabetes são as principais.

Por R7