Governador Iberê entrega Restaurante Popular de Santa Cruz


Essa foi a primeira vez que Iberê veio  cidade como governador do estado do Rio Grande do Norte. Fato que foi relatado pelo prefeito de Santa Cruz José Péricles Farias durante seu discurso, destacando a importância de ter um representante da cidade no governo do estado e lembrando que ele veio já para inaugurar uma obra.

No palco, além de Péricles e do vice-prefeito João Olímpio (Joca), estiveram presente os prefeitos de São Pedro, João de Deus, de Serrinha, Fabiano de Souza, de Serra Caiada, Jessé Gomes, de Tangará Jorge Eduardo Bezerra, Cláudio Marques de Coronel Ezequiel, Uady Antonio de Jaçanã, José Andrade Dantas de São Bento do Trairi e Carlos Lucena (Carlinhos) de Campo Redondo.

Lideranças políticas como o ex-prefeito de Santa Cruz, Luiz Antônio (Tomba), Cláudio Porpino e a ex-governadora do estado, Wilma de Faria, também foram prestigiar a inauguração do Restaurante Popular de Santa Cruz.

Uma multidão que lotou a Rua Senador João Câmara, onde se localiza o restaurante, ouviu e se emocionou com as palavras do governador Iberê, que está passando por um tratamento contra um câncer.

Iberê agradeceu a todos que disseram estar rezando pela sua recuperação e demonstrou muita confiança na cura da doença. O governador disse que seu tratamento termina exatamente no dia 22 de maio, dia de Santa Rita de Cássia, padroeira de Santa Cruz. Confiante, Iberê disse: “Vou pedir ao meu médico que me libere mais cedo, para eu pegar um avião e poder participar da procissão de Santa Rita de Cássia”.

Após os discursos, foi feito o descerramento da placa e foram servidas 1.600 refeições gratuitas aos presentes. O Governador Iberê, os prefeitos e outras autoridades também jantaram no Restaurante Popular de Santa Cruz.

O restaurante irá oferecer em Santa Cruz 1.000 refeições diárias, no valor de R$ 1,00 cada. Isso irá beneficiar comerciantes, trabalhadores em geral, ambulantes, desempregados e servidores públicos de baixa renda e estudantes. As refeições serão servidas nos horários das 11h às 12h, das 12h às 13h e das 13h às 14h.

Os pratos oferecidos pelo Restaurante Popular seguem as recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS), elaborados com valor calórico médio de 1,5 mil calorias, que atende cerca de 70% das necessidades nutricionais. Além disso, o preparo é rigorosamente de acordo com as normas da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

No Rio Grande do Norte já são 22 unidades, onde são oferecidas mais de 22 mil refeições por dia, o que representa um investimento de cerca de R$ 25 milhões pelo Governo do Estado. O valor total de cada refeição é de cerca de R$ 5,00, sendo que o consumidor paga apenas R$ 1,00 e o restante é assegurado pelo governo.