Detran retoma serviços presenciais de habilitação em Natal e Mossoró

Foto: Divulgação

O Departamento Estadual de Trânsito do Rio Grande do Norte (Detran) retomou nessa terça-feira (27) o atendimento presencial agendado na sede localizada no bairro da Cidade da Esperança, em Natal, e em Mossoró. Para realizar o agendamento, o usuário precisa preencher dados solicitados no site do órgão (www.detran.rn.gov.br).

Segundo o Detran, serviços como PID, renovação, entrega de CNH, segunda via da CNH, Adição de categoria e mudança de endereço estavam sendo realizados, quando possível, apenas de forma online ou através dos Centros de Formação de Condutores (CFC’s).

Por enquanto, apenas a sede em Natal e a unidade de Mossoró estarão com a totalidade destes serviços. O Detran informou ainda que o retorno presencial das outras unidades segue em análise.

Para ter acesso às dependências do órgão, o condutor deverá levar comprovante de agendamento, documentação exigida para o serviço e comparecer somente com 30 minutos de antecedência. Também é preciso respeitar as normas de distanciamento e utilizar máscara.

De acordo com o novo calendário, têm vencimento previsto para o dia 12 de julho os veículos dessas empresas com placas de final 0 e 9. O imposto pode ser pago em cota única ou dividido em cinco parcelas, que devem ser quitadas até novembro. Quem optar por cota única tem desconto de 5%. O segundo vencimento ocorre em agosto e assim sucessivamente nos meses seguintes, sendo sempre dois dígitos finais de placa por mês.

Ainda segundo informações da SET, estão enquadradas nesse novo calendário hotéis, agências de viagens, operadores turísticos e empresas de transporte rodoviário coletivo de passageiros, que atuam sob regime de fretamento ou na organização de excursões com veículos rodoviários próprios. Além disso, também são beneficiados com essa prorrogação do IPVA os bares, restaurantes, estabelecimentos similares e bufês, que também ganham um prazo extra para quitar essa obrigação tributária.

A SET informou que caso o contribuinte já tenha iniciado o parcelamento no prazo regular as parcelas remanescentes serão enquadradas no novo calendário.

Por G1 RN