Covid-19: 482 pacientes estão internados em leitos críticos e clínicos

O total de internamentos em consequência da Covid-19 no Rio Grande do Norte nesta terça-feira, 28, é de 482 pacientes. Deste total, 245 estão em leitos críticos e 237 em leitos clínicos. A fila de regulação tem 6 pacientes para leitos críticos, 5 para leitos clínicos e 15 aguardando transporte sanitário. A taxa de isolamento social é de 39,5%.

A subcoordenadora de vigilância epidemiológica da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), Alessandra Luchessi registrou que as ocorrências seguem a tendência de decréscimo em todas as regiões do Estado, mas alguns municípios precisam melhorar os seus procedimentos no enfrentamento à Covid porque vêm apresentando aumento de casos. "A Sesap está atenta e prestando apoio integrado aos municípios com todas as vigilâncias e assistências, verificando a dinâmica e processo de trabalho em cada cidade. Nosso objetivo é contribuir para quebrar as cadeias de transmissão. Para isso é necessário o engajamento de toda a população com ações individuais e dos poderes públicos", afirmou.

Os casos confirmados hoje são 48.366, 60.557 suspeitos, 76.153descartados, as mortes somam 1.714 (2 nas últimas 24 horas) e há 189 óbitos em investigação. A taxa de ocupação de leitos é de 78% na região Oeste, 56% na região Metropolitana de Natal, 50% em Pau dos Ferros, 42,8% no Mato Grande, 86% no Seridó e 0% no Agreste.

CAMPANHA RN MAIS SAUDÁVEL PELA VIDA

Para ampliar as ações de melhoria da qualidade de vida e combater a Covid-19 o Governo do RN lança nesta terça-feira a campanha "RN Mais Saudável pela Vida: Construindo redes potiguares de cuidado". A Coordenadora de Programas Estratégicos e Regionais da Sesap, Teresa Freire, informou durante a coletiva de imprensa realizada diariamente pelo Governo do RN que a iniciativa vai gerir ações de alimentação saudável, atividades físicas, ambientes seguros, cultura de paz, equidade e inclusão social utilizando estratégias que resguardem as medidas de precaução contra a Covid-19.

"Os municípios devem desenvolver papel fundamental realizando ações e estratégias através das redes de acolhimento e garantir os direitos fundamentais", explicou Teresa. Ela também destacou que as ações visam romper com doenças e vulnerabilidades na saúde do corpo e da mente provocadas ou agravadas com o isolamento e as incertezas geradas pela pandemia.

A Secretaria de Estado da Segurança Pública e Defesa Social (Sesed) vai atuar no apoio à campanha RN Mais Saudável pela Vida através da atuação dos órgãos de segurança - Policias Militar e Civil e Corpo de Bombeiros. "O Governo está construindo uma rede de assistência para levar cuidados aos potiguares. Neste contexto, a Sesed se soma para o êxito da iniciativa", afirmou o Secretário Adjunto, Osmir Monte.

A campanha inicia nesta quarta-feira, 29, e continuará durante todo o semestre, nas áreas urbana e rural. "Queremos chegar também às localidades onde a população é mais vulnerável para assegurar melhor qualidade de vida", finalizou Teresa Freire.