Brasil tem 13 mil novos casos, ultrapassa Reino Unido e é o 3º em infectados pela doença

 

Foto: Gabriel de Paiva / Agência O Globo

O Brasil registrou 13.140 novos casos do novo coronavírus nas últimas 24 horas, superando o Reino Unido e chegando à terceira posição no ranking dos países com o maior número de infectados pela doença. De acordo com o governo britânico, o Reino Unido tem 246.406 mil casos da doença. Nesta segunda, o Brasil tem 254.220 mil casos e 16.792 mortes, das quais 674 foram registradas de domingo para segunda-feira.

De acordo com o ranking divulgado pela universidade norte-americana Johns Hopkins, apenas Rússia (290.678) e Estados Unidos (1.504.386) têm mais casos que o Brasil. Na semana passada, o Brasil já havia passado a Itália e a Espanha, que foram epicentros da epidemia na Europa.

Foto: Divulgação/ Ministério da Saúde

O balanço desta segunda-feira mostra que, após quase uma semana na terceira posição em número de casos, o Rio de Janeiro voltou a superar o Ceará — foram 4 mil novos diagnósticos ao longo de 24h em território fluminense.

São Paulo é o estado com mais casos da doença no Brasil: são 163.066 até o momento. Em seguida vem Rio de Janeiro (26.665), Ceará (26.363), Amazonas (20.913) e Pernambuco (20.094).

Em relação ao número de mortes, São Paulo também aaprece na frente, com 4.823 óbitos até o momento. Depois vem Rio de Janeiro (2.852), Ceará (1.748), Pernambuco (1.640) e Amazonas (1.433).

Apesar da terceira posição em número de casos confirmados da doença, o Brasil ainda está na sexta posição em número de mortos pela Covid-19, atrás da Espanha (27.709), França (28.242), Itália (32.007), Reino Unido (34.876) e Estados Unidos (90.194).

Antes da divulgação dos dados desta segunda-feira, o secretário-adjunto de Vigilância em Saúde, Eduardo Macário, ponderou que, apesar de os dados absolutos colocarem o Brasil entre os seis países com o maior número de casos e de mortes, a posição do Brasil cai quando esses dados são comparados ao tamanho da população.

Segundo o Ministério da Saúde, até a divulgação dos dados desta segunda-feira, o Brasil tinha a 38ª maior taxa de incidência da Covid-19. A taxa de incidência é a calculada pela quantidade de casos divididos por grupo de 1 milhão de habitante.

Em relação às mortes por grupo de 1 milhão de habitante, o Brasil é o 18º no ranking, segundo o Ministério da Saúde.

Leandro Prazeres, Paula Ferreria e Victor Farias, O Globo