UFRN garante que vai cumprir acordo com a Sesap

A reitoria da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), por meio de uma coletiva, disse que não vai recuar o seu apoio ao Plano de Enfrentamento dos Serviços de Urgência e Emergência do Governo do Estado no qual disponibiliza 60 leitos no Hospital Universitário Onofre Lopes (Huol).

Inicialmente, o Governo e a UFRN firmaram um acordo para cessão de 30 leitos, mas em reunião da reitora Ângela Paiva nos Ministérios da Educação e da Saúde ficou acertada a disponibilidade de mais 30 leitos pelo HUOL durante 90 dias, prorrogáveis por mais 90.

Já foi informado que cinco leitos estão prontos e os reparos e melhorias já estão sendo feitos na área onde serão disponibilizados os novos leitos para a Secretaria de Saúde.

O Hospital Universitário vai adaptar a sua estrutura física e está contratando pessoal para adicionar esses novos leitos a fim de desafogar o Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel. Porém, eles têm que procurar uma nova solução para contratação de novos profissionais, visto que um acórdão do Tribunal de Contas da União (TCU) considera de má-fé a ação de gestores que contratarem pessoas cujos cargos estejam contidos no Plano de Cargos e Salários.

Por causa disso, a UFRN chamou a Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) para achar uma solução ao problema. Uma sugestão foi trabalhar junto aos Ministérios da Educação e do Planejamento para a contratação temporária de pessoal, através de seleção simplificada.

Segundo a reitoria, a contratação poderia ser viabilizada através da Fundação Norte-Rio-Grandense de Pesquisa e Cultura (FUNPEC) que, inclusive, já tem pessoas selecionadas, que poderiam ser chamadas para trabalhar.

Fonte: Nominuto


Imprimir