UFRN amplia número de alunos beneficiados com Auxílio Instrumental

A Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (Proae) da UFRN definiu, na sexta-feira, 22, que todos os estudantes ingressantes no período 2020.2 da UFRN, que estejam na lista de espera do resultado parcial do Auxílio Instrumental em TI, serão contemplados com o benefício. A decisão foi tomada após a confirmação do Ministério da Educação (MEC) de garantir o repasse integral dos recursos do Programa Nacional de Assistência Estudantil (PNAES) para o ano de 2021.

Desta forma, explica o pró-reitor de Assuntos Estudantis, Edmilson Lopes Júnior, seguindo as regras estabelecidas no edital específico para a concessão do Auxílio, com a confirmação da liberação dos recursos pelo MEC, serão beneficiados também os estudantes ingressantes da lista de espera que possuem renda per capita de até um salário mínimo e meio.

Ainda nesta segunda-feira, 25, será feita a divulgação do resultado final e esses estudantes já estarão contemplados e, durante a semana, as requisições de pagamento dos seus auxílios serão encaminhadas para o setor financeiro.

O Auxílio Instrumental, concedido em parcela única, objetiva contribuir para que os estudantes ingressantes matriculados no período letivo 2020.2 possam adquirir equipamento de tecnologia de informação (TI), como tablet, notebook, smartphone, por exemplo, para acompanhar as aulas em formato remoto. O valor do auxílio é de R$ 1.200.

A seleção foi destinada a estudantes ingressantes matriculados em período letivo 2020.2 para os Campi de Natal, Macaíba, Facisa, Ceres (Caicó) e Faculdade de Engenharia Letras e Ciências Sociais do Seridó (FELCS – Currais Novos). O benefício será custeado com recursos do PNAES, de acordo com o decreto nº 7.234, de 19 de julho de 2010. A concessão do Auxílio Instrumental foi aprovada pela Resolução nº 031/2020, do Consepe, e pela Resolução nº 020/2020, do Consad, ambas de 16 de junho de 2020.


Imprimir