Matrículas para novos alunos no ensino em tempo integral terminam nesta segunda (29), na rede pública do RN

Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi

A rede estadual de educação do Rio Grande do Norte termina nesta segunda-feira (29), as inscrições de novos alunos para as turmas de entrada do ensino médio em tempo integral e profissional integral, incluindo os alunos com necessidades educacionais especiais.

Segundo a Secretaria Estadual de Educação, novos estudantes que desejem ingressar nas demais etapas de ensino da rede estadual poderão se matricular da próxima quarta-feira (31) até 6 de abril.

A matrícula pode ser realizada por meio do portal do SIGEduc https://sigeduc.rn.gov.br/sigeduc/public/matricula/home.jsf. O estudante, pai ou responsável deve acessar a plataforma e seguir os passos que serão exibidos ao navegar pelo sistema. O procedimento também pode ser feito pelo smartphone, através do aplicativo Matrícula Escolar RN.

Devido à pandemia, a Central de Matrículas vai realizar atendimentos presenciais limitados. A central funcionará presencialmente nos dias 31 de março e 1º de abril, com atendimentos das 8h às 12h e das 13h às 17h.

Desde 2020, a rede estadual não tem aulas presenciais e ainda não há previsão de quando as aulas serão tomadas, porém, o secretário Getúlio Marques afirmou que as escolas estão "praticamente todas" preparadas.

"Na questão sanitária praticamente todas estão preparadas (para o retorno). Das nossas 598 escolas, mais de 500 estão totalmente prontas e algumas que precisam de uma abertura de janela, algo no telhado, ou uma questão na cozinha. Mas na questão dos equipamentos sanitários e de proteção, nós estamos com todas as escolas preparadas", afirmou.

Ensino Médio em Tempo Integral

Até às 23h59 desta segunda (29), os interessados poderão se cadastrar para uma vaga no ensino médio em tempo integral. No total, serão disponibilizadas 6.480 vagas para as turmas da 1ª série. Presentes em 34 cidades, as unidades contarão com mais de 16 mil alunos matriculados neste ciclo letivo.

Para auxiliar alunos e pais com dúvidas sobre a metodologia utilizada nas unidades de ensino em tempo integral, a secretaria conta com um portal (aqui), com informações sobre as matrículas, prazos, equipes e a localização das escolas.

Do universo das vagas destinadas ao tempo integral no ensino médio, 1.410 serão para as turmas dos Centros Estaduais de Educação Profissionais (CEEP). Com turmas para cursos que vão desde cursos mais tradicionais, como administração, a cursos voltado para novas tecnologias, como energias renováveis, oito unidades CEEP contam com oferta de matrícula.

As cidades com escolas em tempo integral no ensino médio são: Acari, Alto do Rodrigues, Angicos, Apodi, Areia Branca, Assu, Caicó, Caraúbas, Ceará Mirim, Currais Novos, Extremoz, Ipanguaçu, Itaú, Jardim do Seridó, João Câmara, Lagoa Nova, Macaíba, Macau, Martins, Mossoró, Natal, Nova Cruz, Parelhas, Parnamirim, Pau dos Ferros, Pendências, Poço Branco, Rui Barbosa, São José do Mipibu, Santa Cruz, São Gonçalo do Amarante, Serra Negra do Norte, Taboleiro Grande, Touros e Umarizal.

Matrícula para alunos com necessidades

Iniciada no ano de 2005, a matrícula antecipada para alunos com necessidades especiais garante mais tempo ao sistema educacional do Estado para o planejamento e execução de melhorias para atender ao aluno, tanto no aspecto pedagógico como em sua inclusão escolar com o atendimento de suas necessidades educacionais específicas.

Renovação dos veteranos

Neste ano, em virtude da adoção do Ciclo de Aprendizagem 2020/2021, os alunos veteranos que permanecerão na rede tiveram sua matrícula renovada automaticamente. As matrículas das vagas remanescentes, destinadas aos alunos que desejem ingressar na rede estadual, terão início em 31 de março com término em 6 de abril.

Após a matrícula, o pai ou responsável terá 15 dias para validar a matrícula, conforme orientação que será apresentada pelo sistema.

“Esse ano estendemos esse prazo, que normalmente seria três dias, para que as escolas e os pais possam ser organizar em relação ao dia e horário de comparecimento as escolas, evitando aglomerações e respeitando os protocolos de segurança sanitária”, frisou Márcia Gurgel, secretária adjunta.


Imprimir