Desemprego tem primeira queda no ano e fica em 14,3% no trimestre encerrado em outubro

A taxa de desemprego no Brasil recuou pela primeira vez no ano e ficou em 14,3% no trimestre encerrado em outubro, afetando 14,1 milhões de pessoas, de com dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua Mensal (PNAD Contínua) divulgada nesta terça-feira (29) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

,No trimestre encerrado em setembro, a desocupação estava em 14,6%. Na comparação com o mesmo período do ano passado, no entanto, houve alta de 2,7 pontos percentuais.

Foto: Economia G1

No trimestre encerrado em outubro, o IBGE apontou um crescimento na população ocupada, para 84,3 milhões de pessoas, o que representa um crescimento de 2,8% em relação ao trimestre anterior.

"Esse cenário pode estar relacionado a uma recomposição, ao retorno das pessoas que estavam em afastamento", afirmou a analista da pesquisa Adriana Beringuy. "Nesse trimestre percebemos uma redução da população fora da força de trabalho e isso pode ter refletido no aumento de pessoas sendo absorvidas pelo mercado de trabalho e também no crescimento da procura por trabalho", disse.

Por G1