Greve nacional causa atraso na entrega de correspondências em Santa Cruz


Os funcionários dos Correios de todo o país voltaram ao trabalho na última sexta-feira (14), após um período de greve que acabou atrasando as entregas de cartas e encomendas no Brasil. Mesmo a agência local dos Correios não tendo entrado em greve, a população de Santa Cruz está sofrendo com o atraso das correspondências.

O motivo é que a chegada das cartas e encomendas não depende exclusivamente dos Correios de Santa Cruz, é necessário primeiro passar por outras agências.

De acordo com o gerente da agência de Santa Cruz dos Correios, Raimundo Ferreira de Souza as correspondências que chegam estão sendo entregues a população. “O atraso existe em todo o país e dependemos das correspondências que vem de fora da cidade, por isso o atraso”, explicou.

Um dos grandes problemas enfrentados pelos clientes é com relação ao atraso no pagamento de contas como cartões de crédito, que depende da entrega da fatura pelos Correios para ser efetuado.

Os Correios informaram na segunda que foram entregues 38 milhões de cartas e encomendas em todo o Brasil, em mutirão nacional realizado no último final de semana.

Ainda segundo os Correios, mais 36,6 milhões de objetos postais também foram triados, que são as encomendas preparadas para a entrega durante o mutirão do último final de semana. Os Correios prometeram fazer, em dez dias, mais de 180 milhões de entregas atrasadas. Somente no Rio grande do norte houve atraso na entrega de 1,5 milhão de cartas e encomendas.

 

0 Comentários

Enviar comentário



© 2007 Rádio Santa Cruz AM - Rua Odorico Ferreira de Souza, n° 70, Bairro DNER, Santa Cruz/RN - CEP 59.200-000
(84) 3291-2300 - 3291-2201 - ZYJ-614 - 1.410 kHz - 5,0 KW