Santa Cruz tem alto índice de infestação do mosquito Aedes Aegypti e autoridades convocam população para redobrar cuidados

As autoridades de saúde de Santa Cruz estão alertando a população quanto aos riscos do alto índice de infestação do mosquito Aedes Aegypti que existe na cidade.

Segundo o primeiro Levantamento de índice Rápido do Aedes, feito nos primeiros dois meses do ano pelos Agentes de Endemias, Santa Cruz tem um índice de infestação atual em 14,4%. O preconizado pelo Ministério da Saúde é de até 1% para controle do mosquito.

A situação é ainda mais preocupante no bairro Paraíso, onde um quarto das casas tem proliferação do mosquito Aedes Aegypti, com índice de 25,9%, situação preocupante que pode acarretar em uma epidemia de alguma doença transmitida pelo mosquito em Santa Cruz.

Mesmo com os altos índices de infestação, Santa Cruz vive uma calmaria com relação às notificações das doenças causadas pelo Aedes, como dengue, chikungunya entre outras, com poucos casos registrados.

Mas, a baixa notificação não é considerada normal com o alto índice de infestação e, caso a população não se previna, o município poderá ter registros mais altos da doença ao longo dos próximos meses.

Os cuidados por parte da população devem ser sempre redobrados, especialmente neste período chuvoso vivenciado na região, pois aumentam os locais que se tornam criadouros do mosquito Aedes Aegypti.

Santa Cruz já vivenciou diversos anos de epidemia de dengue e enfrentou problemas com outras doenças transmitidas pelo Aedes Aegypti. Por isso, as autoridades de saúde alertam a população para se unir no combate aos criadouros do mosquito e minimizar possíveis transtornos que ele pode causar a população.

 

0 Comentários

Enviar comentário


FARMÁCIA DE PLANTÃO

quinta-feira
Droga Center
3291-2388

© 2007 Rádio Santa Cruz AM - Rua Odorico Ferreira de Souza, n° 70, Bairro DNER, Santa Cruz/RN - CEP 59.200-000
(84) 3291-2300 - 3291-2201 - ZYJ-614 - 1.410 kHz - 5,0 KW