Sesap intensifica ações de prevenção à Aids durante o carnaval

Já é semana de carnaval e a Secretaria de Estado da Saúde Pública inicia suas atividades de intensificação para prevenção da aids e hepatites virais. Para este ano a estratégia da coordenação do Programa Estadual IST, Aids e Hepatites Virais é promover ações educativas em diversos pontos da folia de Momo distribuídos em todo o estado. Além do apoio aos municípios que já receberam suas quotas extras de preservativos masculinos, femininos e gel (cerca de 1,5 milhão de insumos) e de testes rápidos para detecção do HIV, sífilis e hepatites virais.

A Sesap estará presente em eventos nos municípios de Apodi, São Miguel do Gostoso e em Natal. Com apoio da Sociedade Civil Organizada, os profissionais vão realizar ações educativas para incentivo ao sexo seguro, sob o lema do Ministério da Saúde, que este ano é Prevenir é Viver o Carnaval #VamosCombinar, voltado ao público jovem.

As ações tem início nesta quinta-feira (8) no tradicional Baile de Máscaras do Atheneu, no Polo Petrópolis, em Natal, e se estendem até a terça-feira (15). Na capital potiguar a Sesap estará presente nos seis polos da cidade (Rocas, Ponta Negra, Petrópolis, Redinha, Centro e Praia dos Artistas), além dos bailes e desfiles de escolas de samba.

Dados

O último boletim epidemiológico mostra que, no período de 2014 a 2016, foram registrados 1423 casos de HIV no RN. São pessoas que tiveram o diagnóstico da infecção pelo vírus HIV, mesmo sem manifestar os sintomas da aids. Para Sérgio Fabiano Cabral, responsável pelo Programa IST/Aids da Sesap, “o número de casos notificados reflete uma melhoria no acesso aos testes por parte da população, pois nossas ações sempre alertam para a importância do diagnóstico”.

Ações

Ele explica que o carnaval é um momento importante para intensificar as ações mobilizando a sociedade, despertando na população a consciência da necessidade da prevenção. “Além das ações anuais, sempre atuamos em datas importantes, como forma de alerta para a população, como carnaval, Dia da Visibilidade Trans, Dia Internacional da Mulher, Carnatal, Mossoró Cidade Junina, Parada do Orgulho LGBT, além do dia 1º de dezembro, que é o Dia Mundial de Luta contra a Aids”, acrescenta Sérgio Cabral.

No Brasil, todas as pessoas que testam positivo para HIV têm acesso ao tratamento gratuito pelo SUS, independente da carga viral. Atualmente, a pessoa portadora de HIV pode ter uma vida completamente normal, desde que receba o atendimento adequado, incluindo medicações, exames e consultas. No Rio Grande do Norte, a população conta com o Hospital Giselda Trigueiro, unidade da rede estadual de saúde que é referência no atendimento a pessoas que convivem com HIV/Aids. Somente no ambulatório de HIV do hospital foram realizados, em 2016, três mil atendimentos, o que dá uma média de 250 atendimentos por mês.

Giselda Trigueiro, referência no RN, tem média mensal de 250 atendimentos a pessoas com aids

Os pacientes com HIV/aids recebem atendimento exclusivo na unidade. É lá que encontram especialistas para tratar tanto da doença em si, como para tratar os problemas de saúde decorrentes dela. Os pacientes contam com o hospital-dia, que são leitos onde podem permanecer por algumas horas, para a administração de medicamentos, além de especialistas em dermatologia, proctologia, urologia, ginecologia, psiquiatria, psicologia, reumatologia, pneumologia e ortopedia. Além das consultas, são agendados exames de imagem, ambulatoriais e sorologias, de acompanhamento da imunidade e carga viral, e na farmácia os pacientes podem receber as medicações fornecidas pelo Ministério da Saúde.

 

0 Comentários

Enviar comentário

"

FARMÁCIA DE PLANTÃO

sexta-feira
Irmã Dulce
3291-4088

© 2007 Rádio Santa Cruz AM - Rua Odorico Ferreira de Souza, n° 70, Bairro DNER, Santa Cruz/RN - CEP 59.200-000
(84) 3291-2300 - 3291-2201 - ZYJ-614 - 1.410 kHz - 5,0 KW