'Remédio amargo', diz governador do RN sobre pacote fiscal enviado à Assembleia

O governador Robinson Faria (PSD) disse nesta terça-feira (6) que o pacote de medidas encaminhado à Assembleia Legislativa, denominado RN Urgente, é um “remédio amargo” para a crise financeira do Rio Grande do Norte. Faria esteve na AL, para a leitura da mensagem anual, e falou com a imprensa antes do início da cerimônia.

Robinson Faria afirmou ainda não estar preocupado com seu futuro político, já que os projetos desagradam parte da população. Disse que é um momento da classe política se unir, “independente de partido” para pôr em prática as medias que, segundo ele, vão "salvar o Estado".

O governador do Rio Grande do Norte aproveitou o discurso anual realizado na Assembleia Legislativa, nesta terça (6), para cobrar a aprovação do pacote de recuperação fiscal enviado durante a convocação extraordinária em janeiro deste ano. Dos 20 projetos, apenas oito foram aprovados pelos parlamentares até o momento.

Durante a leitura da mensagem na abertura do ano legislativo, o Robinson Faria também falou sobre obras e projetos, além de problemas como a insegurança.

Ao falar sobre os projetos encaminhados à Assembleia, o governador considerou que alguns são "remédios amargos", mas necessários.

"Nós precisamos enxugar o Estado pro RN ter futuro. Temos hoje uma oportunidade preciosa para que todas as estruturas e poderes do estado se somem a este esforço. Existem distorções históricas que precisam ser corrigidas, todos sabemos disso. Esta Augusta Casa ainda tem uma oportunidade de contribuir para este grande esforço", declarou.

Por Igor Jácome e Ediana Miralha, G1 RN e Inter TV Cabugi

 

0 Comentários

Enviar comentário


FARMÁCIA DE PLANTÃO

segunda-feira
Trairi
3291-4514

© 2007 Rádio Santa Cruz AM - Rua Odorico Ferreira de Souza, n° 70, Bairro DNER, Santa Cruz/RN - CEP 59.200-000
(84) 3291-2300 - 3291-2201 - ZYJ-614 - 1.410 kHz - 5,0 KW