Potiguar e outros dois com passagem pelo futebol do RN morreram em acidente da Chape

Da esquerda, Arthur Maia com a camisa do América, Gil e Bruno Rangel com colete de treino do Baraúnas

Natural de Santo Antônio, no Agreste Potiguar, o meia Gil foi uma das vítimas fatais no acidente ocorrido com o avião da Chapecoense, na Colômbia. Além dele, o companheiro de posição Arthur Maia e o atacante Bruno Rangel, que passaram pelo futebol potiguar, estão entre as vítimas fatais.

Embora seja potiguar, José Gildeixon Clemente de Paiva, o Gil, que tinha 29 anos, nunca havia atuado por um time do RN e estava na Chapecoense desde o ano passado. Arthur Brasiliano Maia, de 24 anos, era alagoano, jogou no América em 2014 e chegou à equipe de Chapecó neste ano. Bruno Rangel Domingues, 34 anos, era carioca, jogou no Baraúnas em 2009 e desde 2014 atuava no time sensação do Brasil.

Dono de um golaço

O meia Arthur Maia é o dono de um dos gols mais bonitos da Arena das Dunas. Contra o Globo, no Campeonato Potiguar 2014, ele pegou a bola próximo de sua grande área, atravessou o campo praticamente inteiro, deixando três jogadores pra trás e venceu o goleiro.

Por Ayrton Freire, Portal no Ar

 

0 Comentários

Enviar comentário

"
botaodicas

FARMÁCIA DE PLANTÃO

quinta-feira
Irmã Dulce
3291-4088

© 2007 Rádio Santa Cruz AM - Rua Odorico Ferreira de Souza, n° 70, Bairro DNER, Santa Cruz/RN - CEP 59.200-000
(84) 3291-2300 - 3291-2201 - ZYJ-614 - 1.410 kHz - 5,0 KW